URT perde pênalti no finalzinho e fica no empate com o Boa no estádio “Zama Maciel”

URT e Boa empataram em 1×1, na noite desta segunda de carnaval (4), em Patos de Minas, no estádio “Zama Maciel”, jogo adiado da 5ª rodada do Campeonato Mineiro. Com o resultado a URT permaneceu na 9ª posição, chegando a 7 pontos. Já o Boa, foi para 9 pontos, ganhando a 7ª posição do Tombense, pelo saldo de gols.

O Boa abriu o marcador aos 21 minutos, através do lateral Wemerson, uma jogada de Kaio Cristian. A URT chegou ao empate aos 28 minutos, um petardo do atacante Juninho Potiguar. No segundo tempo,a URT criou mais oportunidades e foi prá cima do Boa, mas apareceu o goleiro Renan Rocha, com defesas importantes, segurando o resultado. A pressão foi tamanha que a URT teve uma penalidade máxima ao seu favor aos 45 minutos, a chance para conseguir a vitória que seria merecida. Na cobrança, o lateral Djalma Silva bateu prá fora, despediçando a grande chance. Nos 5 minutos de acréscimos, a pressão continuou, mas não adiantou: 1×1 ficou no placar.

O torcedor celeste saiu de campo na bronca, porque mais uma vez a URT não se dá bem nas cobranças na marca do pênalti.

Foi a terceira partida sem derrota do Trovão Azul, que havia empatado com o cruzeiro em 1×1 e antes disso, vencido o Tupynambás por 1×0, ambos os jogos no “Mangueirão”.

URT – Arthur; Rodney, Gladstone (A) (que se contundiu aos 18 do 1º tempo, foi substituído por Éwerton), Marcos Vinícius e Djalma Silva; Diogo Orlando, Derly e Cascata; Rafael Oller (kaio Wilker), Reis (lesionado na virilha, substituído por Bruno Aquino) e Juninho Potiguar. Treinador: Ito Roque.

BOA – Renan Rocha; Chiquinho Alagoano, Fernando, Ferreira (A) e Wemerson; César Sampaio, Gabriel Vieira (Denis), Claudinei e Kaio Cristian (Edenilson); Jaime e Gustavo (Gindre). Treinador: Cesinha (interino, depois da saída de Tuca Guimarães).

Ricardo Marques Ribeiro foi o árbitro da partida, auxiliado por Felipe Alan Costa de Oliveira e Marcelo Giovanni Bertolini de Souza.

Essa partida deveria ter sido realizada no início de fevereiro, pela 5ª rodada, porém o Boa Esporte solicitou o adiamento, para facilitar a logística para atuar em Foz do Iguaçu, pela Copa do Brasil, onde acabou sendo eliminado.

Duas baixas no time da URT. O zagueiro Gladstone se lesionou no joelho direito, aos 18min do primeiro tempo e passou a ser problema para a partida do próximo sábado em Divinópolis contra o Guarani. Jogador foi substituído por Éwerton. O atacante Reis também deixou o campo contundido, no segundo tempo, entrando em sua posição, Bruno Aquino. Lembrando que o goleiro Marcão está no Departamento Médico, pela contusão no jogo da Copa do Brasil contra o Vila Nova de Goiânia.

Classificação

1º- Atlético (19); 2º- América (18); 3º- Cruzeiro (16); 4º – Patrocinense (12); 5º- Tupynambás (11); 6º – Caldense (10); 7º- Boa (9 pontos, saldo 1, 13 gols marcados e 14 sofridos); 8º- Tombense – (9 pontos, saldo 1, 7 marcados, 8 sofridos); 9º- URT (7); 10º- Villa Nova (5 pontos e 1 vitória). 11º- Guarani (5 pontos, nenhuma vitória);12º- Tupi (4)

A URT ainda terá três jogos para concluir sua participação na primeira fase do Campeonato Mineiro. No próximo sábado (9), o Trovão Azul enfrenta o Guarani no Estádio “Waldemar Teixeira de Faria”, em Divinópolis. O último confronto foi em 2016, no dia 5 de março, com o mando de campo do Guarani. Houve empate em 1×1. Rafael Magalhães marcou para o Trovão Azul, comandado naquele ano por Ademir Fonseca e Marcel empatou para o Guarani, dirigido por Ricardo Leão.

Na 10ª rodada, a URT fará outro jogo fora de casa, para enfrentar o Villa Nova, no Estádio “Castor Cifuentes”, no sábado, dia 16. Para encerrar a sua participação na primeira fase, a Celeste jogará no “Zama Maciel” contra o Tupi, no dia 20. Os oito primeiros colocados conseguirão vaga nas quartas de final, com jogo único.

Por: Adamar Gomes

COMPARTILHAR