Polícia Civil prende três acusados de matar homem na cidade de Carmo do Paranaíba no ano de 2020

A Polícia Civil de Minas Gerais, por meio da 5ª Delegacia de Polícia Civil de Carmo do Paranaíba, em conjunto com a 2ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Patrocínio/MG, realizou nesta quinta-feira (04-08), a prisão de três indivíduos de 23, 29 e 30 anos, em razão da prática de crime de homicídio consumado duplamente qualificado e ocultação de cadáver.

A Polícia Civil de Carmo do Paranaíba tomou conhecimento dos fatos mediante denúncia anônima que o desaparecimento de Eduardo Lourenço da Silva, no dia 30 de abril de 2020, e que até a presente dada não foi localizado, foi vítima de homicídio.

Ainda de acordo com que foi apurado, a morte da vítima teria sido encomendada por um dos envolvidos, o qual inclusive teria fornecido a arma de fogo utilizada no crime. Eduardo teria sido levado pelos autores a um matagal ainda no perímetro urbano, onde teve que cavar sua própria cova e após isso foi executado mediante disparos de arma de fogo e enterrado pelos autores.

Foram mais de 2 anos de uma árdua investigação, na qual diversas diligências investigativas foram realizadas no sentido de apurar os crimes narrados, restando na conclusão da investigação.

O Inquérito Policial foi concluído e encaminhado à Justiça, de forma que a prisão dos autores foi deferida pelo Poder Judiciário desta cidade, motivo pelo qual os três envolvidos foram presos nesta quinta-feira (04-08).

Os autores foram encaminhados ao Complexo Penitenciário de Carmo do Paranaíba/MG e o procedimento investigativo já foi remetido ao Poder Judiciário, bem como ao Ministério Público.

De toda sorte é imperioso ressaltar que os crimes cometidos pelos autores, se somadas as penas ultrapassam 30 anos.

A Polícia Civil ressalta a importância da população no combate ao crime, e pede aos cidadãos que denunciem através dos telefones 181 ou (34) 3851-2070 e através do WhatsApp da Delegacia (34) 3851-2070, sendo que o sigilo é garantido.

Fonte: Clube Notícias

LEIA TAMBÉM