PIX: clínica médica de Patos de Minas é alvo de golpista que tem prejuízo de mais de 84 mil reais

Na tarde desta quinta-feira (25/02) a gerente administrativa de uma clínica médica de Patos de Minas procurou a Polícia Militar e registrou uma ocorrência de estelionato. O golpista conseguiu limpar a conta corrente da empresa, um prejuízo de R$ 84.069,39.

De acordo com o boletim de ocorrência, a mulher disse que nesta quarta-feira (24/02), por volta das 11h30, recebeu uma ligação no telefone fixo da clínica sendo que o interlocutor de nome “Paulo”, dizia ser funcionário da agência bancaria a qual a clínica tem conta corrente.

O suposto golpista disse que era necessário atualizar o sistema PIX junto ao banco e a orientou acessar um endereço virtual e baixar o aplicativo chamado “unitoken”. Ao realizar a operação, gerou um código, porém a gerente da clínica disse que não o repassou, inclusive disse que não repassou nenhum dado da clínica e dos sócios para o suposto funcionário do banco.

A vítima contou ainda que o golpista pediu um prazo de inatividade da conta e que era para acessar o sistema só depois de uma hora de prazo. Já na parte da tarde, por volta das 17h00, a gerente acessou a conta e constatou que o saldo estava zerado.

Foram feitas cinco transferências nos valores de R$ 60.000,00, R$ 12.309,86, R$ 4.494,57, R$ 4.264,96 e R$ 3.000,00, totalizando um prejuízo de R$ 84.069,39. A gerente entrou em contato com a agência, onde foi informada desconhecer qualquer funcionário de nome “ Paulo”, e que não solicitou nenhuma atualização de sistema.

A agência propôs analisar o fato acorrido e tentar resgatar algum valor desviado.

COMPARTILHAR