Motociclista sai de casa após uso de medicamentos, cai na BR 354 e fica gravemente ferido

Um motociclista de 60 anos ficou gravemente ferido na noite dessa terça-feira (08) no km 297 da BR 354, em Arapuá. Ele teria saído de casa após fazer uso de medicamentos e acabou caindo na vegetação ao passar pelo canteiro central. Ele ficou gravemente ferido e aguardava uma vaga no Hospital Regional, em Patos de Minas.

O acidente aconteceu por volta das 20h40. De acordo com informações da Polícia Militar Rodoviária, após serem acionados, o Sargento Gabriel, Cabo Cláudio e Cabo Marques compareceram ao local, onde verificaram que a Honda/CG 15 Titan estava na vegetação do trevo de acesso à cidade de Arapuá/MG, entroncamento da BR 354 com a MGC 352, indicando a ocorrência de uma saída de pista combinada com tombamento.

Segundo os policiais, a testemunha W. de F. de A., 36 anos, relatou aos militares que seguia atrás da motocicleta envolvida no sinistro e que percebeu quando o motociclista, que transitava sozinho no sentido Arapuá/MG para a BR 354, passou direto pelo canteiro central, demonstrando ter sofrido algum mal súbito, e tombou, permanecendo na vegetação com sangramento nos ouvidos.

A ambulância do SUS encaminhou a vítima J.M. de O., 60 anos, para a Unidade de Pronto Atendimento – UPA de Carmo do Paranaíba. De acordo com o médico, o condutor estava consciente, porém muito confuso, sendo diagnosticado o trauma cranioencefálico (TCE).

Ele foi atendido e será mantido na UPA apenas pelo tempo necessário, enquanto aguarda vaga no hospital regional da cidade de Patos de Minas/MG. Considerando a situação narrada, não foi possível realizar o teste com o aparelho etilômetro.

A esposa do condutor, C.D., 56 anos, compareceu ao local e relatou que, antes de sair de casa dirigindo a motocicleta, J.M. de O. fez uso de três medicamentos distintos, presumindo que o acidente aconteceu devido o efeito de medicamentos. Feito o contato com a perícia técnica, o profissional dispensou o exame do fato, tendo em vista que não havia vítima fatal no momento do acionamento. A motocicleta, com licenciamento regular, foi liberada para familiares da vítima.

Fonte: Patos Hoje