Idoso já vacinado com as duas doses morre após contrair Covid-19 em Minas Gerais

Um idoso de 78 anos já vacinado com as duas doses da vacina contra a Covid-19 morreu em Alpinópolis, no Sul de Minas. A informação foi confirmada pela prefeitura do município neste domingo. O homem vivia no Lar São Vicente de Paulo localizado na cidade, mas estava internado no Hospital Cônego Ubirajara Cabral.

Em conversa com a reportagem do jornal O TEMPO, o prefeito de Alpinópolis, Rafael Freire (PSB) disse que o homem já estava com a saúde bem debilitada e possuí comorbidades. Ele também confirmou a identificação de um surto de Covid-19 no lar que abriga cerca de 40 idosos.

“Estamos com 10 idosos do lar e um funcionário que testaram positivo. Esse idoso que veio a óbito hoje estava positivado, mas já apresentava uma debilitação ao longo do tempo, já tinha a saúde bastante comprometida. Mas todos os funcionários e idosos do lar foram vacinados”, explicou o prefeito.

Entre os dez que testaram positivo, oito estão assintomáticos ou com sintomas leves para a doença. O prefeito afirma que o Executivo municipal está acompanhando de perto a situação do surto no lar de idosos.

“A prefeitura fez a testagem em massa de todos os idosos e de todos os funcionários. Nós conseguimos identificar os que estavam positivados e o departamento de saúde tem acompanhado de perto o desdobramento desses casos.Nós abrimos 11 leitos para Covid-19, sendo três leitos com respiradores e oito leitos clínicos de enfermaria. Todos estão ocupados”, explicou Freire.

Alpinólis encerrou neste domingo (7), um fechamento rigoroso de dez dias de todos os estabelecimentos e serviços da cidade, incluindo os serviços essenciais. Durante esses dias, até os supermercados puderam funcionar apenas no sistema delivery. O prefeito afirma que já é possível perceber efeitos da medida.

“A gente acredita que houve uma adesão de 80% a 85%. Acredito que nós teremos resultados positivos”, disse. Nessa segunda-feira (7), a cidade vai iniciar uma abertura gradativa dos estabelecimentos.

Fonte: O Tempo