Publicidade

Marcos Paulo Rodrigues, de 38 anos, veio de Belo Horizonte para tentar encontrar o pai em Patos de Minas.

Publicidade

Em entrevista, Marcos relatou que descobriu que foi adotado após o falecimento dos pais adotivos. Através de levantamentos, ele descobriu que a mãe havia falecido no parto.

O avô e o tio, maternos, informaram que o pai dele saiu de Patos de Minas, na década de 1980, e foi para Itaipé, onde trabalhou na Encogel, terceirizada do DER/MG. Durante esse intervalo, ele teria conhecido a mãe de Marcos.

Segundo a versão de Marcos Paulo, o pai ao descobrir da gravidez pediu desculpas para a família, pediu segredo e retornou para Patos de Minas. A justificativa seria o fato dele já possuir família constituída.

Ainda durante os diálogos com a família materna, Marcos descobriu o primeiro nome do pai: Benedito. Ele acredita que ele ainda more em Patos de Minas.

Eu preciso saber quem é o meu pai. Se ele está vivo, se ele está morto, se tem irmãos, e reencontrar. Estou vindo sem nenhum interesse, o meu interesse é só de encontrar com a família. Sem nenhuma mágoa […] e com muito amor.

Marcos Paulo é deficiente visual e retornou para Belo Horizonte na tarde desta segunda-feira (29/11), mas pretende vir a Patos de Minas assim que obtiver informações sobre o pai.

Quem tiver informações sobre o paradeiro do pai devem encaminhar para o Patos Notícias:

WhatsApp: (34) 9 9972-9703
Telefone: (34) 3822-6514
E-mail: jornalismo@patosnoticias.com.br

Matéria e foto: Lélis Félix e Igor Nunes

Publicidade