Hemocentro de Patos de Minas sofre com baixa nos estoques de sangue e convoca doadores

Na próxima segunda-feira (14), a comemoração do Dia Mundial do Doador terá um motivo especial em Patos de Minas. Com estoques de sangue muito baixos, o Hemocentro vai aproveitar a data para mobilizar o maior número possível de doadores e tentar reverter o quadro que é considerado crítico. Além de homenagens aos doadores mais antigos, também haverá distribuição de brindes para os voluntários.

Durante participação no Programa Contraponto dessa quarta-feira (09), o coordenador do Hemocentro de Patos de Minas, Alfredo Dixini, falou sobre as dificuldades enfrentadas na cidade. Segundo ele, a maior demanda é pelos sangues do tipo “O”, mas ressaltou que nesse momento de estoques muito baixos todo tipo sanguíneo é necessário.

O Hemocentro de Patos de Minas é responsável por atender os hospitais de toda a região. O médico Alfredo Dixini explicou que, além dos pacientes que sofreram traumas com perdas de sangue e aqueles que precisam passar por cirurgias, existem algumas pessoas que são portadoras de doenças crônicas que também necessitam de complementação sanguínea de forma contínua.

Doar sangue é um gesto de amor e que salva vidas. Uma ação generosa que pode ser praticada por quase todas as pessoas com mais de 16 anos. A doação deve ser agendada no site da Fundação Hemominas. 

Matéria: Patos Hoje