O curso de Avicultura de Postura – Frango e Galinha Caipira, oferecido pelo Sistema FAEMG/SENAR/INAES, tem sido muito procurado devido ao aquecimento do mercado, de acordo com o instrutor Rony Belacruz. Em Riachinho, 20 pequenos produtores participaram desse treinamento neste mês. A capacitação contou com a parceria do Sindicato dos Produtores Rurais de Urucuia.

Eles foram divididos em duas turmas. Entre os temas abordados, o curso ensina a construir galinheiros, a fazer a desinfecção e a limpeza dos ambientes, a cuidar da saúde das aves e a gerenciar o negócio, com destaque para os custos de produção de ovos e frangos.

“A produção de frango, galinha e ovos caipira pode ser um negócio lucrativo, especialmente para pequenos produtores, porque você consegue produzir ocupando uma pequena área. Mas para obter lucro é preciso fazer a gestão do negócio e produzir seguindo as técnicas ensinadas no curso”, destacou o instrutor.

Carla Freitas e o marido adquiriram um pequeno pedaço de terra recentemente e decidiram investir na criação de frangos e galinhas caipira. “Eu quis fazer o curso justamente para já começar fazendo tudo direitinho, desde a construção dos galinheiros até o cuidado com os ambientes e com as aves. A gente já tinha mexido com avicultura em outra terrinha, mas por falta de conhecimento muita coisa deu errado. Com o curso, estamos bem confiantes”.

“Os produtores solicitaram esse curso porque tinham muitos problemas, como a alta mortandade das aves por exemplo. Durante o curso, todos se dedicaram muito e estão bastante animados, planejando inclusive aumentar as criações nas pequenas propriedades”, comemorou o mobilizador do Sindicato de Urucuia, Antônio dos Passos Almeida.

Fonte: Élcio Fonseca