O primeiro dia de estágio de uma estudante de ensino superior em Patos de Minas não terminou muito bem. Todo procedimento foi gravado mostrando que a estagiária teve que injetar a agulha duas vezes em uma jovem para concluir a aplicação. A própria paciente foi que percebeu e pediu para que fosse devidamente feita a vacinação, o que foi feito.

De acordo com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Patos de Minas, foi constatado que se tratava de estudante de unidade de ensino parceira do município, em período de estágio, não tendo vínculo contratual com a Prefeitura. A instituição foi comunicada do ocorrido e suspendeu o estágio da aluna.

A Assessoria informou que a paciente que recebeu a vacina revelou que, antes da aplicação, conversou com a estagiária. Na hora, ela explicou que era o primeiro dia de estágio. O vídeo completo mostra essa conversa e a reaplicação da dose. Existe a suspeita que pode ter sido mesmo uma desatenção.

A Prefeitura ressaltou que, diante de problemas como esse, o cidadão deve imediatamente procurar os órgãos competentes, como as polícias Militar e Civil, e a Ouvidoria da Saúde do município, órgão responsável por receber e apurar denúncias.

A Assessoria frisou que os profissionais de saúde da prefeitura têm agido de maneira correta e exemplar na vacinação, colocando a cidade em destaque em todo o estado. Condutas como a exposta no vídeo são exceção, e não a regra. E concluiu dizendo que, como sempre, qualquer desvio será apurado com todo o rigor necessário.

Vídeo flagra momento em que seringa é retirada do braço de jovem em Patos de Minas sem injetar a vacina contra Covid-19

Fonte: Patos Hoje