Drone com celulares que sobrevoava penitenciária de Patrocínio é derrubado com tiro

Os drones vêm revolucionando a sociedade, conquistando desde a área da comunicação até o agronegócio. No entanto, os criminosos parecem também querer se beneficiar desta tecnologia. Um equipamento com aparelhos celulares acabou derrubado nessa quarta-feira (22) quando sobrevoava a Penitenciária de Patrocínio.

De acordo com a ocorrência policial, por volta das 19h15, policiais penais que faziam a ronda na muralha do estabelecimento de segurança ouviram um barulho, percebendo que seria um drone. Então, eles atiraram e acabaram abatendo a aeronave não tripulada, impedindo que materiais fossem lançados no interior da penitenciária.

Foram verificados que o equipamento transportava 1 smartphone, 2 mini celulares, 2 carregadores, 1 fone de ouvido e 3 chips de telefonia celular. A suspeita é de que os materiais seriam lançados em algum dos pavilhões da penitenciária. Foram realizadas buscas nas imediações, porém o piloto do drone não foi localizado. Todo o material foi apreendido.

Este é mais um artifício inventado pelos criminosos para tentar violar a segurança das penitenciárias que possuem um sistema rigoroso para impedir a entrada de materiais proibidos. A tática mais comum para burlar o sistema continua sendo através das visitas que acabam adentrando as unidades prisionais com celulares e drogas nas partes íntimas ou camuflados em objetos permitidos ou ainda no interior do estômago.

Fonte: Patos Hoje

 

LEIA TAMBÉM