Cerca de três toneladas de maconha são apreendidas na zona rural de Campo Florido

Cerca de três toneladas de maconha foram apreendidas em uma propriedade às margens da BR-262, na zona rural de Campo Florido, durante uma operação realizada pelo Departamento Estadual de Combate ao Narcotráfico (Denarc), de Belo Horizonte, com apoio da Polícia Civil de Uberaba.

Em ação simultânea, quatro indivíduos foram detidos pela Polícia Militar (PM) com cerca de 400 kg de maconha, que teria saído da mesma propriedade rural.

As investigações que resultaram na apreensão em Campo Florido começaram há cerca de três meses. Segundo o delegado do Denarc, Daniel Araújo, a Polícia Civil obteve informações de que havia grande quantidade de droga escondida na zona rural do município.

“Preparamos a operação, deslocamos equipes por aeronave e por terra. Chegando a Campo Florido, levamos mais um tempo investigando até identificar o local exato onde a droga estava. Quando achamos, preparamos a busca e nos deparamos com um grande volume de maconha. Não havia ninguém na propriedade”, contou.

Ainda de acordo com o delegado, a origem e o destino da droga serão investigados. “Sabemos que essa droga tem origem inicial no exterior, em alguns países do Mercosul, e que essa região é usada como ‘porto seco’, ou seja, onde a droga é descarregada e é feita uma espécie de operação logística para distribuição em outros lugares”, acrescentou.

Enquanto a Polícia Civil reunia a maconha localizada em Campo Florido para ser levada à Delegacia de Plantão em Uberaba, a PM abordou um comboio de veículos com quatro indivíduos na mesma região, que tentavam fugir pela rodovia com destino ao estado de São Paulo. Três veículos foram apreendidos; em um deles, foram encontrados aproximadamente 400 kg de maconha.

A situação foi descoberta depois que a PM viu uma movimentação suspeita por meio de câmeras de monitoramento, segundo o tenente Leandro Carlos.

“Os quatro confessaram que pegaram essa droga em um sítio na zona rural de Campo Florido e que iriam levá-la para o estado de São Paulo. Fomos até essa propriedade e encontramos a Polícia Civil, que já estava fazendo uma operação com apreensão de maconha”, acrescentou o policial militar.

Fonte:G1 Triangulo

COMPARTILHAR
Gonçalves Advogacia