Publicidade

Mais um tombamento de caminhão com um semirreboque foi registrado na tarde desta segunda-feira (29), no km 301 da BR 354 em Rio Paranaíba. O local conhecido como curva do belvedere vem acumulando diversos acidentes nos últimos meses.

Publicidade

De acordo com informações da Polícia Militar Rodoviária, os policiais foram acionados por volta das 16h05 e, chegando no local, visualizaram um caminhão-trator M. Benz LS 1634, tracionando com um semirreboque carregado com algodão tombado no sentido crescente da via, com obstrução mínima da pista, o que permitiu o fluxo dos demais veículos nos dois sentidos.

A carga de algodão ficou espalhado no acostamento. O condutor identificado como A.M.M.J., de 45 anos, disse que seguia de Carmo do Paranaíba para Rio Paranaíba, quando durante a curva sinuosa ele ouviu um estouro, acreditando ser um pneu danificado e que, em seguida, perdeu o controle direcional.

Com o peso da carga, o semirreboque iniciou um movimento de tombamento para o lado direito, não tendo mais nada para ser feito para evitar o acidente. Também estava no caminhão uma passageira de 36 anos, identificada como J.da S.R., que já estava sendo socorrido por uma ambulância do hospital de Rio Paranaíba. Ainda segundo as informações, ela sofreu lesões leves no braço direito e foi encaminhada ao pronto socorro.

Os policiais constataram que diversos pneus estavam em mau estado de conservação, ou seja, liso e atingindo limite dos indicadores de profundidade, bem como que o semirreboque não possuía dois pneus, sendo, portanto, equipamento obrigatório.

Os devidos autos de infração de trânsito foram lavrados. O condutor foi convidado a realizar o teste etilômetro e o resultado foi negativo para a influência de álcool. Ele também não apresentava sinais de uso de qualquer substância psicoativa que determine dependência.

A rodovia foi sinalizada com cones e equipamentos luminosos. O condutor foi orientado a realizar os contatos pertinentes para a remoção da carga e posteriormente dos veículos envolvidos no acidentes, já que estavam com os licenciamentos regulares, sendo liberados no local.

O trecho passou obras recentemente e os motoristas aproveitam para acelerar e cometer imprudências no trânsito. No fim de semana, segundo as informações, um GM/Astra tentou fazer uma ultrapassagem em alta velocidade na curva e também acabou capotando, após o motorista perde o controle direcional.

Matéria: Gilberto Martins

Publicidade