Ao lado de Braz Paulo, Béia Savassi é confirmada candidata a prefeita em Patos de Minas

A convenção do Partido Democratas aconteceu na manhã deste domingo (13) na sede da URT. A vereadora e ex-prefeita Béia Savassi foi a escolhida para disputar a cadeira de chefe do executivo patense. O Prefeito José Eustáquio, que também demonstrou interesse em se reeleger, não compareceu na convenção e foi criticado por membros do partido. O vice escolhido foi o também vereador e Professor Braz Paulo

A convenção teve início pouco antes das 10h00. O partido Democratas levantou uma incógnita a respeito de quem seria a pessoa escolhida para pleitear a cadeira de chefe do executivo. Entre os nomes estavam Béia Savassi e José Eustáquio, atual prefeito. Entretanto, o prefeito José Eustáquio não apareceu na convenção, apenas o vice Paulo Mota.

De acordo com a candidata confirmada Béia Savassi, a intenção no início não era de ser candidata a prefeita, mas sim vereadora. Segundo ela, a demora do atual prefeito de demonstrar interesse na reeleição, fez com que membros do Democratas a convencessem em disputar o cargo máximo da prefeitura. “Eu estou sendo candidata porque o Zé demorou muito pra se decidir e também porque as pessoas estão me pedindo isso”, disse a atual Vereadora. Nos bastidores, já havia conversas de que o vice de Béia seria o também vereador Braz Paulo.

Na convenção ele foi confirmado como vice e os dois se firmaram juntamente com os vereadores do partido que formaram chapa completa. A ausência do atual prefeito José Eustáquio mexeu com membros do partido que, em pronunciamento, criticaram a atitude do atual chefe do executivo. Béia ressaltou que não tem nada contra o prefeito e que são amigos, mas a escolha de não ir a convenção foi dele. Segundo Elmiro Nascimento, presidente do Partido Democratas e irmão da candidata, o partido vê como desrespeito a ausência de José Eustáquio na convenção.

Elmiro ainda disse que a escolha de Béia se deu por vários motivos entre eles a gestão da candidata quando era prefeita e também agora como vereadora. Segundo Elmiro, o partido precisava definir um nome e o dela apareceu como melhor já que “o prefeito demonstrou interesse em reeleição na última hora”. Béia assumiu o compromisso, se eleita, de concluir o prédio do Campus da UFU em Patos de Minas e também de investir mais na saúde e na educação do município.

Fonte: Patos Hoje

COMPARTILHAR
Gonçalves Advogacia