Acusado de matar mulher a facada em Andrequicé em 2019 é condenado a 20 anos de prisão

Foi levado a júri nesta segunda-feira (10/05) em Presidente Olegário, Altamir Geraldo de Freitas, 35 anos, pelo crime de homicídio qualificado no dia 18 junho de 2019, contra a vítima Sâmia Pereira Gonçalves, que na época do assassinato se encontrava com 26 anos e homicídio tentado qualificado contra um homem de 47 anos.

De acordo com os autos do processo, o crime ocorreu na tarde de uma terça-feira (18/06), em um bar na comunidade de Andrequicé, no município de Presidente Olegário. O homicídio foi registrado por volta das 17h, quando o homem de 47 anos foi atingido de raspão na altura do peito e a jovem foi atingida com um único golpe na altura do pescoço, ela não resistiu ao ferimento e acabou falecendo no local.

Ao final do julgamento, o conselho de sentença entendeu que o crime cometido teve motivo fútil. Ele foi condenado por homicídio qualificado, com uma pena de 15 anos, e 5 anos pela tentativa de homicídio contra o homem d 47 anos, a serem cumpridos inicialmente em regime fechado. Altamir está preso no presídio de Coromandel. A defesa irá recorrer a sentença.