Romeu Zema fala que 13º salário dos servidores “não será pago tão cedo”

O drama do pagamento do 13º salário dos servidores públicos do Estado deve continuar neste ano, já que o governador recém-empossado Romeu Zema avisou que: “com certeza esse 13º salário não será pago tão cedo”.

A declaração foi dada em entrevista ao Bom Dia Minas a rede Globo na manhã desta quarta-feira (2). Perguntado sobre o 13º dos servidores Zema respondeu que a crise financeira e o Estado estar falido são os motivos que prejudicam o pagamento.

“Com certeza esse décimo terceiro não será pago tão cedo. Não que nós não gostaríamos de fazer isso, mas por impossibilidade. Vale lembrar que nós temos prefeituras, principalmente na região nordeste do Estado, no Vale do Mucuri e Jequitinhonha, que já estão atrasando o pagamento de professores, há três quatro meses, que estão sem receber. Então vamos ter que priorizar aquilo que é mais grave. Não é uma decisão fácil, lamento muito”, disse o governador. “Com o tempo com muito trabalho vamos regularizar isso”, complementou.

O 13º salário dos servidores não foi pago pelo governo Fernando Pimentel (PT) que deixou para a nova gestão esse pagamento. Zema também falou sobre o pagamento dos servidores públicos que na gestão anterior estava sendo parcelado.

“Vai depender muito da nossa renegociação da dívida de Minas com o Governo Federal se esse processo for agilizado. Eu penso que nós devemos conseguir fazer isso até meados do ano. Isso vai dar um alívio de caixa muito expressivo para o Estado. Eu gostaria muito de pagar o funcionalismo e as prefeituras pontualmente pelo menos daqui adiante”, concluiu Zema.

Fonte: O Tempo

COMPARTILHAR
Jornalista e radialista, natural de Presidente Olegário. Idealizador e responsável pelo portal PO Notícias. Redator e apresentador dos programas Jornal da Eldorado e show da tarde na Rádio Eldorado FM 87,9.