Presidente Olegário tem um caso confirmado de dengue e Minas Gerais está com quase 5 mil novos casos prováveis

Em meio à pandemia de coronavírus, Minas Gerais se preocupa também com o crescimento de outra doença, a dengue. Em novo balanço divulgado nesta terça feira (24), a Secretaria de Estado de Saúde (SES) aponta que os casos prováveis da virose saltaram para 35.639. Em comparação ao levantamento da semana passada, houve aumento de 4.910 diagnósticos no Estado.  Presidente Olegário tem um caso confirmado de dengue.

Até o momento, foram confirmadas duas mortes pela doença, em Medina, município do Vale do Jequitinhonha, e Carneirinho, no Triângulo Mineiro. Dezessete mortes estão sob investigação.

Com relação à febre chikungunya, também causada pela picada do mosquito Aedes Aegypti, foram registrados 646 casos até o momento. São 82 novos registros em comparação ao balanço da semana passada. Em 2019, uma pessoa morreu pela doença em Patos de Minas, no Alto Paranaíba. Em Campo Belo, Sul de Minas, um caso de morte está sendo investigado.

Já com relação à zika, foram registrados 244 casos prováveis, sendo 26 em gestantes. Em comparação ao último balanço, do dia 17 deste mê, há 38 novos registros prováveis.

Fonte:Uai.com

COMPARTILHAR