Presidente Olegário tem surto de conjuntivite com mais de 40 casos registrados

A cidade de Presidente Olegário, está passando por surto de conjuntivite nos últimos dias. De acordo com informações da Secretaria de Saúde, no período de 05 a 23 de março foram registrados 41 casos.

O Comunicado foi emitido pelas vigilâncias em saúde e epidemiológica da secretaria municipal de saúde na tarde desta quarta-feira (28/03). A doença pode ser causada por reações alérgicas a poluentes ou substancias irritantes, a transmissão ocorre de pessoa a pessoa, principalmente, por objetos contaminados. A secretaria de saúde alerta que qualquer suspeita de conjuntivite a população deve procurar o Hospital Municipal Darci José Fernandes para as devidas providências.

A conjuntivite é uma doença que se caracteriza pela inflamação da conjuntiva, causada por agentes tóxicos, alergias, bactérias ou vírus. A conjuntivite viral é altamente contagiosa, frequente no verão, e apesar de não ser grave provoca muito incômodo e alguns cuidados devem ser tomados para que não se transforme em epidemia.

Geralmente compromete os dois olhos, não necessariamente ao mesmo tempo, sendo o contagio feito pelo contato direto com a pessoa doente ou objetos contaminados. Esta contaminação ocorre com maior facilidade em ambientes fechados como escolas, creches e ônibus.

Ninguém merece pegar conjuntivite. Por isso, aqui vão 3 dicas para tentar evitar ao máximo a conjuntivite e todo o seu desconforto.

1. LAVE OS OLHOS com solução fisiológica pelo menos 3 vezes ao dia e sempre que julgar necessário. A limpeza ocular ajuda a hidratar a mucosa e limpa os olhos de agressores e do pó do ar. Lave também as pálpebras e os cílios. Parece óbvio e fácil, mas pouquíssimas pessoas têm este cuidado como hábito na rotina diária. Faça essa “limpeza” em crianças e idosos que estão sob sua responsabilidade.

2. EVITE COLOCAR AS MÃOS NOS OLHOS. Frequentemente levamos as mãos aos olhos, seja para coçar, seja para limpar alguma sujeira maior que entrou. Fazemos isso inconscientemente, como um hábito, sem pensar nas consequências. Nossas mãos são veículos infalíveis e comprovados de vírus ou bactérias. Com as defesas das mucosas oculares rebaixadas por conta do ar seco e poluído, qualquer agente infeccioso que penetre nos olhos encontra um ambiente propício para se proliferar e causar o desconforto da conjuntivite. Lavar as mãos com frequência, principalmente ao chegar da rua e de locais públicos é importantíssimo para evitar a contaminação não apenas dos seus olhos, mas também de suas vias respiratórias e digestivas.

3. NÃO COMPARTILHE toalhas, lenços, fronhas ou maquiagem. Os agentes agressores podem ficar intactos nestes locais e contaminar os olhos de quem está susceptível.

Fique de olhos bem abertos e saudáveis. Sempre!

Fonte: Ascom PMPO

COMPARTILHAR
Jornalista e radialista, natural de Presidente Olegário. Idealizador e responsável pelo portal PO Notícias. Redator e apresentador dos programas Jornal da Eldorado e show da tarde na Rádio Eldorado FM 87,9.