PM suspeita de explosão de caixas e prende jovens com cédulas danificadas, revólver e droga em Lagoa Formosa

A suspeita de envolvimento com explosões de caixas eletrônicos levou a prisão de três jovens na tarde dessa terça-feira (02) na cidade de Lagoa Formosa. O envolvimento com esse tipo de crime não ficou comprovado, mas os três rapazes acabaram detidos por envolvimento com o tráfico de drogas e por posse ilegal de arma de fogo e munições. Além disso, contra um deles havia um mandado de prisão em aberto.

Foi uma denúncia anônima que levou a Polícia Militar até os suspeitos. Uma pessoa que estava na agência do Banco do Brasil de Lagoa Formosa presenciou um casal tentando fazer o depósito de cédulas bastante danificadas. Antônio Danilo do Nascimento Araújo e a esposa Camila foram abordados ainda nas proximidades da agência. Antônio Danilo disse que o dinheiro pertencia a esposa e que apenas a acompanhava. Já a mulher informou que havia recebido as cédulas de outro rapaz e que o dinheiro seria da avó deste homem que mora na Bahia.

A Polícia Militar iniciou os rastreamentos e localizou os rapazes que teriam repassado o dinheiro ao casal. Matheus dos Santos Azevedo, de 19 anos, se identificou e nada de irregular foi localizado com ele. O segundo suspeito se identificou como José dos Santos Azevedo, mas os policiais descobriram que o nome verdadeiro dele é Lucas dos Santos Azevedo, de 21 anos, que se encontra foragido da Justiça.

Questionado sobre a origem do dinheiro que teria repassado a Camila, Matheus informou que achou o dinheiro enterrado próximo a uma plantação de quiabo no sítio onde Antônio Danilo mora. Matheus e Lucas disseram aos policiais que são da região nordeste e que estão hospedados no sítio de Danilo há apenas alguns dias. Eles informaram ainda que antes de chegarem à Lagoa Formosa, passaram por Serra do Salitre.

Os policiais foram até o sítio de Danilo e onde os suspeitos estão hospedados e no quarto onde Matheus dorme encontraram um revólver calibre .22 com uma grande quantidade de munições. Os policiais também viram fotos de Danilo próximo a uma plantação de maconha. No local, os militares encontraram apenas a irrigação, mas os pés de maconha já tinham sido arrancados. Eles foram encontrados dentro de uma sacola plástica que também foi apreendida.

Ainda na residência localizada no sítio de Danilo, os militares encontraram uma furadeira que havia sido furtada em Lagoa Formosa. A origem do dinheiro não pôde ser comprovada e as cédulas bastante danificadas, totalizando R$ 3.095,00, foram apreendidas. Antônio Danilo foi preso por envolvimento com o tráfico de drogas e Matheus por posse ilegal de arma de fogo e munições. Já Lucas foi preso em decorrência do mandado de prisão.

Fonte:Patos Hoje

COMPARTILHAR
Jornalista e radialista, natural de Presidente Olegário. Idealizador e responsável pelo portal PO Notícias. Redator e apresentador dos programas Jornal da Eldorado e show da tarde na Rádio Eldorado FM 87,9.