Operação ‘Sentinam’ prende duas pessoas em Paracatu envolvidas em vendas de anabolizantes e remédios controlados

Duas pessoas, de identidades e idades não divulgadas, foram presas pela Operação “Sentinam”, em Paracatu, no Noroeste de Minas, na última quinta-feira (9). Outras três pessoas foram presas em São Paulo (SP). A ação tem o objetivo de desarticular organização criminosa que vendia esteroides anabolizantes e outros medicamentos de venda controlada no Brasil, por meio de sites na internet.

Ainda foram apreendidos mais de R$ 5 milhões em produtos ilícitos que eram comercializados pelo site, além de telefones, computadores, um carro esportivo de luxo e uma motocicleta.

A Operação “Sentinam” foi deflagrada pela 2ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Paracatu, com apoio das Delegacias de Polícia Civil de Lavras e Extrema. Após três meses de investigação, a equipe chefiada pelo delegado regional de Polícia Civil, Tiago Veiga Ludwig, deram cumprimento três mandados de prisão temporária.

De acordo com a polícia, um dos presos em Paracatu é apontado como responsável por gerir o site de vendas de anabolizantes e negociar a compra e venda dos esteroides. Além disso, conforme informações da polícia, ele sustentava alto padrão de vida na cidade.

Já o outro preso era utilizado como “laranja” na movimentação financeira da organização criminosa, segundo a polícia.

Em São Paulo,foram presos em flagrante o responsável por levar as encomendas com os medicamentos para os Correios, e outros dois criminosos que trabalhavam no centro de distribuição das drogas.

Fonte:G1

COMPARTILHAR
Gonçalves Advogacia