Operação Dublê da Polícia Civil prende três acusados e receptação e adulteração de veículos

A Polícia Civil de Patos de Minas apresentou na manhã desta quinta-feira (12) três homens acusados de receptação e adulteração de veículos. Eles foram presos na “Operação Dublê” chefiada pelos delegados Ewerton Evangelista e Diego de Moraes Guarnaschelli e coordenada pelo Inspetor Bernardo Pereira dos Santos para combater este tipo de crime na região.

Durante as investigações realizadas nos últimos dias, os policiais conseguiram recuperar três veículos furtados/roubados no Estado de Goiás e Brasília/DF, sendo dois deles apreendidos em poder dos criminosos na cidade de Patos de Minas e outro estacionado na Capital Federal.

Na manhã da última terça-feira (10), Tiago Antônio Silva Sampaio, 27 anos, foi preso em sua residência no bairro Jardim Esperança, juntamente com o veículo VW/Gol 1.0, cor vermelha, sendo constatado pelos investigadores que a placa JIK-1169 fixada no veículo pertencia a outro e aquele se tratava de produto de furto/roubo ocorrido na cidade do Novo Gama/GO no ano de 2017.

Dando continuidade às investigações, na manhã do dia seguinte, quarta-feira (11), também no bairro Jardim Esperança, os investigadores abordaram Kennedy Anderson de Melo Moreira, de 20 anos e Danilo Souza e Silva Caixeta, 25, anos, juntamente com o veículo Fiat/Uno Vivace 1.0, cor prata, sendo constatado pelos investigadores que a placa PUU-6034 fixada no veículo pertencia a outro e aquele se tratava de produto de furto/roubo ocorrido em Brasília/DF.

Ainda de acordo com as investigações, um veículo Fiat/Palio roubado na noite do dia 10 de abril havia sido deixado pela dupla Kennedy e Danilo em um bairro da cidade de Valparaíso/GO, sendo realizado contato junto às forças de segurança pública do Estado de Goiás e recuperado o veículo Fiat/Palio, cor vermelha, placa OVT-2712.

As investigações apontaram que Kennedy e Danilo recebiam os veículos furtados/roubados no Estado de Goiás e Brasília/DF, e mediante adulteração das placas de identificação, os veículos eram transportados e entregues a Tiago na cidade de Patos de Minas, ficando este responsável por repassá-los a pessoas do Alto Paranaíba.

Os autores foram autuados e encaminhados ao Presídio Sebastião Satiro, e responderão pelos crimes de associação criminosa, receptação e adulteração de sinal identificador de veículo automotor, cujas penas somadas poderão chegar a 13 (treze) anos de reclusão.

Fonte: Patos Hoje

COMPARTILHAR
Jornalista e radialista, natural de Presidente Olegário. Idealizador e responsável pelo portal PO Notícias. Redator e apresentador dos programas Jornal da Eldorado e show da tarde na Rádio Eldorado FM 87,9.