Mulher perde mais de R$ 37 mil em golpe do bilhete premiado em Patrocínio

Uma mulher, de 58 anos, foi vítima do golpe do bilhete premiado e perdeu mais de R$ 37 mil em Patrocínio. O caso foi registrado na quinta-feira (11).

A vítima chamou a Polícia Militar (PM) e contou que voltava a pé para casa quando foi abordada por uma mulher, com cerca de 50 anos de idade, que disse que era moradora da zona rural e que não conhecia bem a cidade. A mulher também afirmou que estava com uma rifa premiada, mas que não sabia onde receber a premiação, por isso, ela solicitou a ajuda da vítima para encontrar este local.

Nesse momento, um homem que aparentava ter 40 anos de idade e carregando uma pasta, se aproximou das duas e participou da conversa, pedindo para examinar a rifa.

O homem afirmou que a rifa se tratava de um bilhete da Loteria Federal e que o valor do prêmio era de R$ 8 milhões. Ele também explicou que seria necessário mostrar ao gerente da Caixa Econômica Federal uma grande quantia em dinheiro para provar a veracidade do bilhete e se prontificou a ajudar a mulher conseguir a premiação. Em seguida, ele abriu a pasta que carregava e mostrou uma grande quantia em dinheiro. Ele ainda se ofereceu para validar o bilhete e pediu que a vítima também ajudasse.

A mulher prometeu à vítima que daria a ela 10% do prêmio pela ajuda. Então, no próprio carro, vítima foi com os dois indivíduos até a Caixa, onde ela sacou R$ 2 mil em dinheiro para ajudar a mulher.

Como o homem alegou que a quantia não seria o suficiente, a vítima foi até a casa dela e pegou uma caixa com joias avaliadas em R$ 30 mil e uma caixa com € 60 (60 euros, equivalente a R$ 252) e entregou ao homem e à mulher. A vítima também entregou dois anéis que ela usava, avaliados em R$ 5 mil.

Em seguida, a mulher e o homem fugiram levando o dinheiro e as joias. Segundo a PM, a vítima relatou que nunca tinha visto os dois antes. A PM informou que faz rastreamentos para encontrar os autores do golpe, porém, até o momento, eles não foram localizados e nem os bens da vítima recuperados.

Fonte: G1

COMPARTILHAR