Mulher encontrada em casa trancada por fora foi assassinada por asfixia, conclui Polícia Civil

A Polícia Civil já sabe qual foi a causa da morte de Adriana Cristina Braga, 44 anos. A perícia técnica concluiu que ela foi assassinada por asfixia. Diligências continuam para tentar identificar o autor ou autores do crime. As últimas pessoas que estiveram com ela também já foram identificadas. Não se sabe ainda qual o motivo do delito.

De acordo com o Delegado de Homicídios, Érico Rodovalho, durante o exame de necropsia não foram encontradas marcas de violência no corpo de Adriana e se concluiu que sua morte aconteceu por asfixia. O top encontrado na cabeça de Adriana pela perícia técnica contribuiu para se chegar à causa da morte.

Após a constatação do óbito, foi aberto o inquérito para apurar o homicídio. Diversas diligências estão sendo realizadas para encontrar o autor do crime. As últimas pessoas que estiveram com ela já foram identificadas. Segundo o delegado, sabe-se que até o momento, um indivíduo, já identificado pela Polícia Civil, é quem teria entrado na casa de Adriana na noite do crime. Ele é o principal suspeito.

Érico Rodovalho explicou que, até o momento, não há informações de que mais pessoas teriam estado com Adriana no interior da residência. A localização deste indivíduo se torna agora a peça chave para se apurar o crime. As investigações também apuraram que o assassino, além de trancar toda a casa antes de fugir, também levou o aparelho celular de Adriana.

O policial acredita que houve no mínimo um homicídio qualificado, no entanto, como não se sabe a motivação do assassinato, pode haver mais qualificadoras. E a hipótese de latrocínio não foi descartada, já que o aparelho celular pode ter sido roubado. As investigações continuam e as perícias nos objetos recolhidos no imóvel também estão sendo realizadas.

Adriana foi sepultada na madrugada desta sexta-feira (16) no Cemitério Municipal de Lagoa Formosa. Como o corpo estava em estado avançado de decomposição, o féretro já saiu do Instituto Médico Legal e foi direto para o sepultamento. Não houve velório.

Fonte: Patos Hoje

COMPARTILHAR
Jornalista e radialista, natural de Presidente Olegário. Idealizador e responsável pelo portal PO Notícias. Redator e apresentador dos programas Jornal da Eldorado e show da tarde na Rádio Eldorado FM 87,9.