Moradores reclamam de criatório de porcos próximo ao Hospital Municipal de Presidente Olegário

Um criatório de porcos no centro de Presidente Olegário, tem deixado muitos vizinhos na bronca. O problema, de acordo com informações enviadas a nossa redação, é o mau cheiro. Para piorar a situação o local fica a poucos metros do Hospital Municipal Darci José Fernandes.

O chiqueiro fica instalado no fundo de um terreno próximo as ruas da Cerâmica, Hospital e Nossa Senhora da Aparecida. “Tem anos que convivemos com esse mau cheiro, já procuramos a vigilância sanitária e outros órgãos competentes, mas nenhuma providência foi tomada” disse indignada uma moradora.

Como se sabe a criação desses animais é proibida em área urbana, de acordo com uma lei municipal de 1999 e, seus infratores estão sujeitos as penalidades. “Sabemos que tem uma lei que proíbe a criação de porcos no município, mas mesmo assim nenhuma providência foi tomada. Temos que conviver com esse mau cheiro” destacou outro morador.

Conforme alertam as autoridades da saúde, as fezes destes animais podem causar diversas doenças às pessoas que tiverem contato. “Entre as principais doenças está a cisticercose, que popularmente é conhecida como as larvas que se deslocam até o cérebro do ser humano”. Além da cisticercose, as fezes do porco causam toxoplasmose e leptospirose.

Mas não é apenas o contato com as fezes do animal que pode ocasionar as doenças. Como o criadouro é infestado de moscas, elas podem voar até as residências próximas e contaminar objetos ou alimentos. Por isso, a orientação é higienizar as mãos antes de comer e lavar bem os alimentos.

Ainda de acordo com os moradores o criatório de porcos fica a poucos metros do Hospital Municipal de Presidente Olegário. Diante da situação, os moradores querem que as autoridades municipais tomem as providências cabíveis, inclusive na limpeza de lotes vagos nas proximidades do hospital.

 

COMPARTILHAR
Gonçalves Advogacia