Mãe que mora em Lagoa Formosa busca atendimento no Hospital Regional para filha que engoliu moeda

Uma mulher da cidade de Lagoa Formosa está desesperada em busca de um atendimento médico no Hospital Regional Antônio Dias (HRAD) para sua filha de apenas dois anos de idade que, há seis dias, engoliu uma moeda de 1 real. A menina já realizou o exame de raio x para verificar a situação. O objeto está alojado em seu estômago e precisa ser retirado.

Josy Silva da Rocha solicitou o atendimento para a filha, Maria Fernanda Oliveira da Silva, na última quinta-feira (01/03), após engolir o objeto enquanto brincava. De acordo com Josy, em um dado momento a menina chegou até ela e disse que havia ingerido a moeda. Maria Fernanda foi levada imediatamente ao pronto socorro local e chegou a realizar um exame de raio x, mas os médicos logo solicitaram uma vaga no Hospital regional para a retirada do objeto, porém, segundo Josy foi negada.

A equipe de reportagem chegou a entrar em contato com o hospital, mas a assessoria solicitou o envio de um e-mail à comunicação da Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig), para que uma resposta sobre a situação apresentada seja dada. Até o fechamento desta matéria, nenhuma posição foi enviada por parte da Fundação.

Colaboração Patos Já

COMPARTILHAR
Jornalista e radialista, natural de Presidente Olegário. Idealizador e responsável pelo portal PO Notícias. Redator e apresentador dos programas Jornal da Eldorado e show da tarde na Rádio Eldorado FM 87,9.