Jovens são esfaqueados em Folia de Reis no município de Lagoa Formosa

Dois jovens foram atingidos por golpes de facas na zona rural de Lagoa Formosa. Os crimes ocorreram num sítio na região de Sapé, onde estava acontecendo uma festa de Folia de Reis. Os feridos foram socorridos para o Hospital Municipal “Dr. Bininho” e atendidos pelos médicos de plantão. Em seguida, os rapazes foram levados para o Hospital Regional devido à gravidade das perfurações feitas por objetos cortantes.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, a PM foi acionada através de denúncia anônima relatando que um adolescente e um jovem haviam sido atingidos por golpes de faca na madrugada de sábado (13/07) no local onde estava sendo realizada uma folia, sendo que as vítimas já haviam sido socorridas por terceiros. Em seguida os militares receberam ligação do hospital também colocando a polícia ciente do ocorrido.

Os policiais foram até o hospital e receberam informações de que as vítimas estavam sendo atendidas no local. Eles confirmaram que umas vítimas era um menor de 17 anos e a outra era Alex de Souza Magalhães de 18 anos. Antes de serem transferidos para o Hospital Regional em Patos de Minas, o menor relatou aos militares que no final da movimentação da festa encontrou seu amigo Alex com um ferimento no abdômen, e ao tentar ajuda-lo uma mulher de cabelos lisos se aproximou dele e também desferiu um golpe de faca em seu abdômen.

Ainda de acordo com o boletim, as vítimas falaram que após as agressões a mulher entrou em um automóvel VW, cor verde e fugiu na condição de passageira. No local do fato uma testemunha que trabalha como segurança disse aos militares que havia anotado a placa do veículo e repassou os números. Em seguida, os policiais iniciaram patrulhamento e conseguiram abordar o condutor do veículo, que em conversa com a polícia confessou que havia dado carona para a suspeita de esfaquear as vítimas, mas que havia deixado a mulher no Bairro Babilônia.

Clênio da Silva apresentava fortes sintomas de embriaguez e acabou sendo preso por dirigir veículo automotor sob influência de Álcool, e por dar fuga à acusada de ser a autora do crime. A suspeita foi reconhecida como sendo Nazaré Júnia Almeida Silva. Dois telefones celulares e 1 litro de cachaça que estava dentro do carro de Clênio foram apreendidos. O veículo foi removido para o deposito credenciado do DETRAN e a CNH do condutor foi recolhida. Já a suposta autora dos esfaqueamentos não foi localizada. O estado de saúde das vítimas não foi divulgado para a imprensa até o momento.

Matéria: Vanderlei Gontijo/Fonte: PM

COMPARTILHAR