Indivíduos atiram contra viatura da PM de Carmo do Paranaíba em seguida são abordados e presos

A PM de Carmo do Paranaíba encaminhou para a delegacia de polícia na cidade de Patos de Minas, dois indivíduos suspeitos de efetuarem disparos de armas de fogo contra uma viatura policial. O fato aconteceu na madrugada deste sábado (16/03) por volta de 01h30 da manhã, quando os militares faziam patrulhamento na tentativa de localizar um preso que havia fugido da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), sendo que ao passar pela Avenida Tancredo esquina com a Rua Francisca de Queiroz, no Bairro Paranaíba, eles foram surpreendidos por indivíduos em veículo que efetuaram um disparo de arma do fogo para o alto.

De acordo com o boletim de ocorrência, neste momento os militares iniciaram um intenso acompanhamento ao veículo GM/Monza, que os autores se encontravam, sendo que durante a ação os suspeitos tentaram jogar o veículo sobre um sargento, que reagiu à injusta agressão efetuando um disparo, mas nenhum dos autores foi atingido. Na sequencia os policiais continuaram a acompanhando o carro que seguiu em fuga pelas ruas do Bairro Paranaíba, quando em certo momento, um militar viu quando o passageiro do automóvel colocou parte do corpo para fora do automóvel, e ele com uma arma apontada em direção à viatura.

Neste momento um dos policias que estava na viatura efetuou outros sete disparos em direção ao veículo, mas nenhum dos tiros acertou o veiculo em que os suspeitos empreendiam fuga. O condutor do carro tentou fugir entrando em uma chácara, quando o passageiro aproveitou para saltar do veículo. Sílvio Alves Rodrigues, 34 anos, foi detido e preso, mas o motorista do carro continuou fugindo levando a arma de fogo e acabou atirando novamente contra os policiais, que revidaram atirando 8 vezes contra o veículo, mas nenhum disparo atingiu o carro ou o suspeito.

Logo após o indivíduo parou o carro desceu e correu para dentro de um matagal, sendo em seguida localizado e preso. Edmar Augusto de Souza, 34 anos, apresentava vários cortes nas pernas e nos pés que teriam sido provados por vidros e outros objetos cortantes que existem no matagal para onde ele havia fugido. Ele foi levado para a UPA e recebeu atendimento médico. Algum tempo depois, o autor contou à polícia que havia jogado a arma no matagal.

Edmar apresentou sintomas de embriaguez e recusou a fazer o teste do etilômetro. Já nesta manhã (16), após solicitar o reforço dos cães da ROCCA em Patos de Minas, a PM conseguiu localizar o revólver jogado na vegetação. A arma estava próxima ao local onde o autor abandonou o carro e entrou no matagal. Diante dos fatos, os autores foram levados para a delegacia em Patos de Minas e entregues ao delegado de plantão.

Matéria: Vanderlei Gontijo – Fotos: Júlio César

COMPARTILHAR