Prefeitos, vice-prefeitos e vereadores eleitos em Presidente Olegário, Lagamar e Lagoa Grande são diplomados

Os prefeitos e vice-prefeitos eleitos nos municípios de Presidente Olegário, Lagamar e Lagoa Grande, foram diplomados pelo Tribunal Regional Eleitoral. A cerimônia de diplomação aconteceu na tarde desta quarta-feira (07/12), no plenário de audiências do Fórum de Presidente Olegário. O evento foi presidido pelo Juiz de Direito Diretor do Foro da Comarca de Presidente Olegário, Dr. Bruno Henrique de Oliveira. O evento contou com a presença de autoridades civis e militares e familiares dos diplomados.

Em Presidente Olegário foram diplomados o prefeito eleito João Carlos Nogueira de Castilho (PV), e João Batista da Silva “Macaquinho” o vice dele. Os dois foram diplomados junto com os 11 vereadores eleitos no município: Adamilton Oliveira da Silva, Adão dos Santos Queiroz dos Reis “Du”, Cesar de Deus Godinho “Cesar do Sofá”, Januário Alves Neto “Januário Elói”, Januário Dias Moreira “Januário Dentista”, Marcos Antônio de Araújo “Marquinhos”, Maria Teodoro dos Santos Tolentino, Moacir de Deus Soares, Pedro Osvando de Castro, Welson Braga de Souza e Zélia Terezinha Araújo de Queiroz.

Em Lagoa Grande foram diplomados o prefeito eleito Edson Sabino de Lima, o vice-prefeito José Orlando Carneiro Borges, e os vereadores eleitos: Antônio de Pádua Moreira, Arlindo Braz de Lima, Braz Clemente de Souza, Evailton Moura de Jesus, Evaldo dos Santos Martins, João Paulo de Souza, Nivaldo dos Santos Araújo, Raquel Guimarães Teixeira Matos e Valter Sabino de Lima,

Na cidade de Lagamar foram diplomados o prefeito eleito José Alves Filho, o vice- prefeito Luiz Antônio Rodrigues, e os vereadores: Antônio Borges dos Santos, Geovane Gonzaga da Silva, Jodir Cordeiro Soares, Lazaro Romulo Pereira Caixeta, Luzimar José Borges, Marcio Antônio Pereira, Nelson Pereira Gomes, Silas Vieira de Oliveira e Virgílio Correia de Assis.

No diploma consta o nome do candidato, a indicação da legenda sob a qual concorreu, o cargo para o qual foi eleito ou a classificação como suplente, e, facultativamente, outros dados a critério do juiz ou do tribunal.

A diplomação é o ato pelo qual a Justiça Eleitoral atesta que o candidato foi efetivamente eleito pelo povo e, por isso, está apto a tomar posse no cargo. A cerimônia acontece após terminado o pleito, apurado os votos e passado o prazo de questionamento da validade das candidaturas.

Fotos: Hamilton Amorim

 

 

Publicado em:07/12/2016
Autor:Hamilton Amorim

Compartilhe:

     



     
NOTICIAS - ESPORTES - POLICIAL - POLÍTICA  
Todos os Direitos reservados a P.O Notícias - 2016