Dívida do Governo de Minas com Prefeitura de Presidente Olegário passa de R$ 5 milhões

A dívida do Governo de Minas com a Prefeitura de Presidente Olegário é de R$ 5,084.770,25. Os valores são referentes em atrasos de impostos que a prefeitura tem direito e é retido pelo Estado.

O setor que mais tem a receber é a Secretaria Municipal de Saúde, com R$ 2,587,209,32. O setor de Educação ( FUNDEB/Transportes Escolar), IPVA/ICMS e juros o valor da dívida é de R$2.385.532,51. Na Assistência Social o Estado deve a Prefeitura de Presidente Olegário o valor de R$ 112.028,40.

O prefeito João Carlos Castilho participou em Belo Horizonte de um protesto que reuniu cerca de 500 prefeitos filiados a Associação Mineira de Municípios – AMM – a entidade cobra cerca de R$ 8,2 bilhões de recursos retidos pelo Estado.

Segundo o prefeito João Carlos está sendo utilizado os próprios recursos e de outros repasses e que a situação se agrava a cada mês que os recursos são retidos pelo Estado.

Ainda de acordo com a Prefeitura apesar da falta de repasse do Estado a folha de pessoal e fornecedores os pagamentos estão em dias e que foi antecipado 40% do décimo terceiro aos servidores no mês de julho.

O governador Fernando Pimentel (PT), reuniu com representantes do movimento e anunciou que vai disponibilizar R$ 1,5 bilhão nos próximos dias para os municípios.

Pimentel disse que o valor de R$ 1,5 bilhão alivia um pouco a situação financeira para os municípios e que vai tentar regularizar os pagamentos atrasados. O governador ainda garantiu que os recursos do Fundeb não serão mais repassados com atraso.

Fonte:Ascom Prefeitura Municipal de Presidente Olegário

COMPARTILHAR
Jornalista e radialista, natural de Presidente Olegário. Idealizador e responsável pelo portal PO Notícias. Redator e apresentador dos programas Jornal da Eldorado e show da tarde na Rádio Eldorado FM 87,9.