Campanha de vacinação contra gripe é prorrogada; Minas tem 23 mortes

A baixa procura pela vacina levou o Ministério da Saúde a prorrogar a campanha de vacinação contra a gripe. A ação, que acabaria no dia 15, vai agora até o dia 22. É a segunda vez neste ano que o prazo é estendido. Na primeira, a prorrogação deveu-se à paralisação dos caminhoneiros. O número de pessoas infectadas pelo vírus Influenza mostra a importância de as pessoas procurarem a imunização. Em Minas Gerais, já são 23 mortes registradas e 105 pessoas infectadas.

As doses estão disponíveis, gratuitamente, em todas as unidades do Sistema Único de Saúde (SUS). Podem receber a vacina pessoas a partir de 60 anos; crianças de seis meses a 5 anos; trabalhadores de saúde; professores das redes pública e privada; povos indígenas; gestantes; puérperas (até 45 dias após o parto); pessoas privadas de liberdade, inclusive adolescentes e jovens de 12 a 21 anos em medidas socioeducativas; além dos funcionários do sistema prisional.

A cobertura vacinal em Minas Gerais ainda está abaixo da meta. Segundo a Secretaria de Estado de Saúde (SES/MG) até a última quinta-feira, último dado divulgado pela pasta, 80,5% do público-alvo já tinham recebido a vacina. O objetivo é vacinar 90% do contingente formado por cerca de 5 milhões de mineiros. Em Belo Horizonte, até o momento, 715.684 pessoas receberam a vacina, o que representa 87,7% do público prioritário.

Fonte:Uai

COMPARTILHAR
Jornalista e radialista, natural de Presidente Olegário. Idealizador e responsável pelo portal PO Notícias. Redator e apresentador dos programas Jornal da Eldorado e show da tarde na Rádio Eldorado FM 87,9.