Briga em casa de eventos termina com lesão corporal e mulheres são presas

Na madrugada deste sábado (9/11), por pouco um desentendimento ocorrido em uma casa de eventos no bairro Cristo Redentor, em Patos de Minas, não terminou em tragédia. A confusão durante o “forró”, teve agressões e golpes de canivete. Três mulheres, envolvidas na briga, foram levadas para a delegacia de plantão.

Em entrevista à nossa reportagem, o Tenente Caixeta informou que os desentendimentos tiveram início com empurrões e discussões dentro do estabelecimento. Em meio a briga, Rodrigo Junior Gomes Santos, de 29 anos, sofreu dua perfurações. Ele contou para a polícia, que durante a confusão, uma mulher com um canivete investiu contra a sua irmã, Brenda Aparecida, e ao tentar lhe defender, acabou sendo atingido por duas vezes.

Ainda conforme o Tenente Caixeta, Rodrigo disse que por meios próprios conseguiu ir até o atendimento médico. O estado de saúde dele é estável. A polícia levou para a Depol, Adriana Marques da Silva, de 40 anos, que foi apontada com sendo a autora dos golpes de canivete. Outras duas mulheres que participaram da briga também foram conduzidas. Brenda Aparecida Santos, de 32 anos, irmã da vítima e Ana Paula da Silva Oliveira, de 28 anos, que é namorada de Rodrigo Junior.

Na delegacia, Adriana Marques disse não ter sido ela quem provocou a lesão corporal contra Rodrigo. Mas admitiu ter uma passagem criminal por tentativa de homicídio, ocorrida na cidade de Presidente Olegário. Ela também acusou as outra mulheres de terem lhe agredido por ciúmes. As versões dadas pelos envolvidos, serão apresentadas ao delegado de plantão.

Fonte:Patos Já

COMPARTILHAR
Gonçalves Advogacia